Delegado não descarta ligação entre mortes de Tony Pretinho e Neguinho Boiadeiro

 
Vereador Tony Pretinho, assinado em Batalha.
 

(Crédito: Arquivo Pessoal)

O delegado João Marcelo de Almeida, uma das autoridades que investigam a morte do vereador Tony Pretinho, em Batalha, informou, em conversa ao Portal TNH1, que não descarta uma possível ligação do homicídio da última sexta (15) com a morte do vereador Neguinho Boiadeiro, assassinado a tiros no mês passado.

 

“Olhando para a proximidade dos dois homicídios, onde dois vereadores foram mortos em um curto espaço de tempo, nós vemos que não é algo normal. Então, não descartamos essa linha de ligação entre os dois crimes. Mas ainda é prematuro para falar sobre o que causou a morte", disse.

 

Segundo ele, funcionários que estavam com Tony Pretinho no momento do crime relataram que um carro, de modelo não identificado e de cor preta, parou no local e os criminosos efetuaram vários disparos de pistola. Depois, um dos indíviduos saiu do veículo e atirou com uma espingarda na cabeça da vítima.O delegado também confirmou que a comissão composta por ele e pelos delegados Eduardo Melro e Fábio Costa, já ouviu familiares e amigos do vereador.

Apesar de ter colhido depoimentos de algumas pessoas ligadas ao vereador, o delegado afirmou que a polícia encontra dificuldades de conseguir informações com os moradores da cidade, já que eles estão com receio de falar sobre a morte.

"Infelizmente, os moradores de Batalha estão com medo de falar, o que não facilita o nosso trabalho. Mas, vamos continuar apurando para solucionar este caso", acrescentou.

 

Fonte: 
João Victor Souza - TNH1
Vereador Tony Pretinho, assinado em Batalha.