Polícia Civil descobre túnel em cela e frustra fuga em Palmeira dos Índios

Um dos detentos que tentaram fugir matou um jovem de 21 anos com 41 facadas

Policiais civis plantonistas da Delegacia de Quebrangulo descobriam neste domingo (12) um buraco em uma das celas e frustraram uma tentativa de fuga de presos na Delegacia Regional de Palmeira dos Índios.

De acordo com o delegado plantonista, Itamar Uchôa, a Regional estava com 28 detentos, quando os agentes realizavam uma revista nas celas. O buraco foi descoberto na unidade onde dois menores de idade estavam recolhidos.

Os policiais também descobriram uma quantidade de areia e pedras escondidas no banheiro da cela, onde o buraco estava sendo aberto, e a escavação já tinha uma profundidade de mais de um metro.

Os menores recolhidos têm 16 anos, são usuários de drogas, foram apreendidos há aproximadamente dois dias e estavam aguardando decisão judicial. Um deles responde por porte ilegal de arma de fogo.

E o Outro menor é apontado como autor de um brutal homicídio na região. A vítima tinha 20 anos e foi assassinada com 41 facadas, uma quantidade de perfurações que dificultou muito o trabalho pericial.

Após o homicídio, ele foi localizado e deu muito trabalho aos policiais civis, no momento da sua apreensão. Segundo o delegado, ele chegou atá a se livrar das algemas, tentou fugir  correndo e foi recapturando.

Agora na ficha dos menores devem ser acrescentados danos ao patrimônio e tentativa de fuga.

Fonte: 
PC ALAGOAS
Areia, pedras e o buraco com profundidade de mais de um metro