Polícia Civil e Sefaz apreendem mais de R$ 1 milhão em produtos sem nota fiscal

Peças falsificadas de marcas renomadas foram apreendidas em um prédio na Chã da Jaqueira
 

Polícia Civil e Sefaz apreenderam mais de 30 mil peças falsificadas e sem nota fiscal 

FOTO: DIVULGAÇÃO / POLÍCIA CIVIL

Uma operação da Polícia Civil com a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) apreendeu mais de R$ 1 milhão em produtos sem nota fiscal, nesta segunda-feira (23), armazenados em um prédio com três pavimentos, no bairro da Chã da Jaqueira, em Maceió. 

Foram apreendidos produtos roupas, perfumes, calçados, óculos e relógios. De acordo com Berenaldo Lessa, coordenador do Grupo de Investigação da Delegacia Geral (GIDG), a investigação descobriu que todos os pavimentos do prédio estavam abarrotados de produtos, chegando a aproximadamente 35 mil peças.

Na abordagem, o responsável pelo local, ,que não teve o nome revelado, apresentou notas fiscais da mercadoria, com valor total de R$ 50 mil e com a data de expedição de 2016. No entanto, os agentes públicos constataram que, no local, havia mais mercadoria do que a registrada no documento.

 

Operação apreendeu relógios falsificados 

FOTO: DIVULGAÇÃO / POLÍCIA CIVIL

 

Os produtos apreendidos foram encaminhados para o pátio da Sefaz, em Jacarecica, para serem catalogados. Ainda de acordo com a polícia, entre o material apreendido, há peças originais, mas a maioria é falsificada, de marcas renomadas e procuradas por consumidores exigentes. A multa para o caso deve ser, em média, R$ 302 mil. 

Os responsáveis pelo material apreendido podem responder por crime de falsificação de produtos de marcas famosas e por crime de sonegação fiscal. A mercadoria está sendo contabilizada e averiguada pelos agentes envolvidos na operação, que também descobriram a comercialização de forma irregular, sem o pagamento dos impostos obrigatórios.

A ação contou ainda com a participação dos policiais da Operação Policial Litorânea Integrada (Oplit). 

 

Fonte: 
gazetaweb.com