Polícia Civil fortalecida com decisão do STF sobre Termo Circunstancial

 
13:39 · 10.06.2017 / atualizado às 13:39 · 10.06.2017 
 
No Agravo Regimental no Recurso Extraordinário 702617, relator ministro Luiz Fux, a Primeira Turma do STF (DJe-054, publ. 21-03-2013) decidiu pela impossibilidade de lavratura de TC pela PM:
“(…). ATRIBUIÇÃO PARA LAVRAR TERMO CIRCUNSTANCIADO. LEI 9.099/95. ATIVIDADE DE POLÍCIA JUDICIÁRIA”.
Na decisão agravada do ministro Luiz Fux, constou:
“O Plenário do Supremo Tribunal Federal, ao julgar a ADI nº 3.614, que teve como redatora para o acórdão a Ministra Cármen Lúcia, pacificou o entendimento segundo o qual a atribuição de polícia judiciária compete à Polícia Civil, devendo o Termo Circunstanciado ser por ela lavrado, sob pena de usurpação de função pela Polícia Militar”.
A decisão legítima o porque da existência da polícia judiciária ou Polícia Civil. Tira a esperança das polícias militar, rodoviária e bombeiros atuarem como polícia judiciária.

 

Fonte: 
por Roberto Moreira - Diário do Nordeste